Se uma moto fosse uma mulher famosa

Super Ténéré 750:

Vera Fisher. Desejo de consumo de uma geração inteira. Hoje quem pegar pega uma bucha danada.

  

XT 600:

Rita Lee. Velha e ultrapassada, mas ainda tem uma geração de fãs que afirmam que nunca mais tiveram nada melhor.

  

Kawasaki Versys:

Roberta Close. Ninguém sabe direito se é trail ou naked.

  

V Strom 650:

Geisy Arruda. Parece gostosa, mas só é gorda.

  

Transalp:

Patrícia Poeta. Não é nenhuma top model, mas transmite confiança.

  

XT660:

Panicat. Um tesão, mas todo mano cresce o olho e vai roubar ela de você.

  

BMW 650GS:

Sandy. Toda bonitinha e delicadinha, mas muito miúda pro meu gosto.

  

BMW 800GS:

Gisele Bundchen. Maravilhosa, mas precisa ter bala pra manter.

  

KTM 990 Adventure:

Juju Salimeni. Divina, mas totalmente fora do meu alcance.

 

XTZ 125:

Coleguinha piranha da escola. Magrinha, qualquer pratinha já faz a festa e aguenta mais coisa que muita mulher velha não aguenta…

 

PCX:

Empregada safada. Foi feita pra mulher mas é o marido que se diverte.

Deixe um comentário